Intestino delgado

Você está aqui:
O intestino delgado é divido em três porções – duodeno, jejuno e íleo – e apresenta cerca de 6 m de comprimento
O intestino delgado é divido em três porções – duodeno, jejuno e íleo – e apresenta cerca de 6 m de comprimento

Curtidas

0

Comentários

0

por Helivania

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

O intestino delgado é um órgão tubular com cerca de seis metros de comprimento, presente no sistema digestório. Nesse órgão, o alimento sofre a ação das substâncias produzidas pelo pâncreas e pelo fígado, e há a absorção de grande parte dos nutrientes e da água.

O intestino delgado é dividido em três regiões:

  • duodeno: com cerca de 25 cm de comprimento, é a região onde são lançadas as substâncias produzidas pelo pâncreas – como o suco pancreático, cujas enzimas atuam, por exemplo, na digestão de proteínas – e pelo fígado – a bile atua na emulsificação das gorduras que posteriormente serão digeridas com a ação de enzimas específicas;

  • jejuno: apresenta cerca de 2,5 m e, por não apresentar um limite muito definido, muitas vezes é descrito juntamente com o íleo;

  • íleo: apresenta cerca de 3,5 m e, juntamente com o jejuno, formam a maior parte do intestino delgado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Essa região, jejuno-íleo, apresenta diversas alças que se prendem na parede do abdome por meio de um órgão denominado mesentério. Essa porção do intestino também é responsável pelas etapas finais da digestão, pois produz o suco intestinal com diversas enzimas, como a lipase, que atua na digestão de lipídios, e a lactase, que faz a quebra da lactose em glicose.


A parede do intestino delgado apresenta dobras ou pregas que aumentam a superfície de absorção de nutrientes

Adaptações do intestino delgado

O alimento pode passar até dez horas no intestino delgado, enquanto ocorre a digestão de algumas substâncias e a absorção de nutrientes. Para auxiliar nesse processo, aumentando a superfície de absorção desses nutrientes, o intestino delgado apresenta algumas adaptações, como dobras ou pregas de até 8 mm de altura em sua parede. Estruturas menores também são encontradas, como as vilosidades e as microvilosidades. Essas últimas estão presentes em cada célula epitelial do intestino delgado.

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe: