Colite ulcerativa

Você está aqui:

A colite ulcerativa é uma doença que afeta o cólon, causando uma inflamação e ulceração de sua camada mais superficial. As suas causas podem envolver fatores genéticos, ambientais e imunológicos. Quando a colite ulcerativa afeta apenas o reto, ou seja, a parte inferior do cólon, ela é denominada de proctite ulcerativa. Se a doença afetar apenas o lado esquerdo do cólon, ela é chamada de colite distal ou limitada. Se envolver todo o cólon, é pancolite, ou colite universal ou hemicolite esquerda.

Essa doença se manifesta por meio de sintomas como diarreia, que pode conter sangramento, e dor abdominal. O diagnóstico é realizado pela análise dos sintomas, histórico familiar e exames complementares laboratoriais e de imagem. O tratamento é feito com o objetivo de controlar a inflamação e tratar os sintomas, melhorando a qualidade de vida do indivíduo.

A colite ulcerativa se assemelha a diversas outras doenças intestinais, como a doença de Crohn. No entanto, diferenciam-se por alguns fatores, como a forma em que se apresentam. Enquanto a colite ulcerativa é uma inflamação e ulceração das camadas superficiais do cólon, a doença de Crohn causa uma inflamação de toda a espessura da parede intestinal.

Veja também: Sistema digestório – sistema responsável por permitir a absorção dos nutrientes ingeridos

A colite ulcerativa é uma doença caracterizada por uma inflamação e ulceração da camada mais superficial do cólon.
A colite ulcerativa é uma doença caracterizada por uma inflamação e ulceração da camada mais superficial do cólon.

O que é a colite ulcerativa?

A colite ulcerativa é uma doença crônica que afeta o cólon (intestino grosso). Essa doença se caracteriza por uma inflamação e ulceração da camada mais superficial dessa região e afeta principalmente indivíduos entre 15 e 30 anos. São raros os casos dessa doença em indivíduos com idade entre 50 e 70 anos.

A colite ulcerativa pode afetar:

  • todo o cólon, sendo denominada de pancolite, colite universal ou hemicolite esquerda;

  • apenas o reto, ou seja, a parte inferior do cólon, sendo denominada de proctite ulcerativa;

  • apenas o lado esquerdo do cólon, sendo denominada de colite distal ou limitada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas da colite ulcerativa

A colite ulcerativa não tem uma causa conhecida, no entanto acredita-se que ela seja multifatorial, ou seja, vários fatores podem contribuir para o seu desenvolvimento. Três fatores estão relacionados ao desenvolvimento dessa doença: genético, ambiental e imunológico. Indivíduos geneticamente predispostos podem ter contato com algum fator ambiental (os quais ainda não são claros) e, assim, o sistema imunológico desenvolve uma resposta que desencadeia um processo inflamatório no intestino, que não é controlado e acaba por desenvolver a colite ulcerativa.

Leia também: Imunidade – mecanismo de defesa do organismo contra antígenos

Sintomas da colite ulcerativa

A colite ulcerativa se manifesta por meio de diarreia, a qual pode conter sangue e muco, devido à ulceração que ocorre no intestino. Entretanto, quando a doença se limita ao cólon sigmoide e ao reto, as fezes podem ser duras e secas, podendo também apresentar sangue e muco. O doente pode apresentar também dor abdominal, inflamação do revestimento abdominal, náuseas e febre.

Um dos sintomas da colite ulcerativa é a dor abdominal.
Um dos sintomas da colite ulcerativa é a dor abdominal.

Diagnóstico da colite ulcerativa

O diagnóstico é realizado pela análise dos sintomas, histórico familiar e exames complementares para eliminar a possibilidade de outras doenças, já que os sintomas são semelhantes aos de outras enfermidades. Os exames realizados para o diagnóstico da colite ulcerativa são:

  • exame de fezes;

  • exame de sangue;

  • sigmoidoscopia (exame do reto e terço inferior do cólon);

  • colonoscopia (exame da parte final do intestino delgado e todo o cólon).

Tratamento da colite ulcerativa

O tratamento da colite ulcerativa consiste na utilização de medicamentos para reduzir a inflamação e tratar os sintomas. Ele pode ser realizado por longos períodos ou até mesmo por toda a vida, de forma a manter a doença controlada e melhorar a qualidade de vida do indivíduo. Em alguns casos, pode ser necessária a realização de procedimento cirúrgico.

Diferença entre colite ulcerativa e doença de Crohn

A colite ulcerativa apresenta sintomas muitos semelhantes aos de outras doenças intestinais, como a doença de Crohn. Embora apresentem alguns sintomas parecidos, como diarreia, dor abdominal e febre, elas são doenças distintas.

A colite ulcerativa é uma inflamação e ulceração das camadas superficiais do cólon. Já a doença de Crohn é uma inflamação de toda a espessura da parede intestinal, principalmente na parte mais baixa do intestino delgado e grosso, mas pode afetar também todo o trato digestório.

As duas doenças também se diferenciam em relação à forma como se apresentam. A colite ulcerativa causa uma inflamação contínua no cólon. A inflamação desencadeada na doença de Crohn não é contínua, intercalando muitas vezes áreas normais com zonas afetadas.

Vale dizer também que ambas apresentam causas desconhecidas e podem estar relacionadas a inúmeros fatores. A colite ulcerativa está relacionada a fatores genéticos, ambientais e imunológicos. Já a doença de Crohn está relacionada a fatores imunológicos, infecções e dieta.

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados