Sustentabilidade

Você está aqui:
A sustentabilidade está relacionada com a capacidade de um sistema (em que ser humano e ambiente estão integrados) resistir ou se adaptar às mudanças ao longo do tempo.

 Sustentabilidade é um termo de difícil definição, tendo em vista que, muitas vezes, confunde-se com o termo desenvolvimento sustentável. Além disso, a dificuldade em definir a sustentabilidade deve-se também ao fato dessa se envolver com diferentes perspectivas de diferentes grupos sociais.

No entanto, de forma geral, a sustentabilidade está relacionada com a capacidade de um sistema (em que ser humano e ambiente estão integrados) resistir ou se adaptar às mudanças ao longo do tempo. Já o desenvolvimento sustentável seria uma forma de desenvolvimento econômico que atende as necessidades da população atual, sem afetar a capacidade das gerações futuras desenvolverem-se e terem suas necessidades sanadas. Muitos autores consideram o desenvolvimento sustentável como o caminho para se alcançar a sustentabilidade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Importância da sustentabilidade

Embora a sustentabilidade seja tratada como um “modismo” ou considerada inviável para uma sociedade que queira desenvolver-se, sua importância dá-se pelo fato de que se deve sempre buscar a ética e a responsabilidade nas mais diversas atividades.

A sustentabilidade é transdisciplinar, afetando as mais diversas áreas. Assim, a sustentabilidade é importante para a Sociologia, pois é o resultado de uma forma de desenvolvimento que preserva as relações sociais; e para a Biologia, pois preserva os recursos, de forma que seu uso não acarrete o seu esgotamento, para que possam ser usufruídos por gerações futuras.

Leia também: Pegada ecológica

Tipos de sustentabilidade

Como dito, a sustentabilidade é transdisciplinar. Além disso, para que ocorra, é preciso que o desenvolvimento socioeconômico ande lado a lado com a preservação ambiental. Assim, alguns autores consideram oito tipos de sustentabilidade:

  • social

  • econômica

  • ecológica

  • cultural

  • espacial

  • territorial

  • política nacional

  • política internacional

Isso mostra como é complicado discutir sobre sustentabilidade, pois existem diversos interesses conflitantes, além das particularidades regionais.

Os sistemas agroecológicos produzem em pequenas quantidades para o autossustento ou para a comercialização em pequena escala.
Os sistemas agroecológicos produzem em pequenas quantidades para o autossustento ou para a comercialização em pequena escala.

Exemplo de sustentabilidade

Quando se fala em sustentabilidade, um dos principais focos de discussão está na produção de alimentos. No Brasil, por exemplo, a maior parte da produção de alimentos é destinada ao mercado exterior, e esses são produzidos nas grandes monoculturas.

Os sistemas agroecológicos vêm na contramão disso. Neles, os pequenos agricultores produzem em pequenas quantidades para o autossustento ou para a comercialização em pequena escala, como em feiras e mercados locais.

A produção nas cadeias agroalimentares agroecológicas ocorre de maneira sustentável, sendo diversificada, com a utilização de sementes próprias, insumos orgânicos e com foco artesanal. As decisões para a produção e comercialização são compartilhadas. Infelizmente, esse modelo ainda não consegue competir com as cadeias convencionais, embora nele a segurança alimentar e nutricional seja maior.

Saiba também: Alimentos orgânicos

Sustentabilidade ecológica

O conceito de sustentabilidade surgiu com base nas discussões sobre as relações entre desenvolvimento socioeconômico e a Ecologia, principalmente no que tange à busca por fontes energéticas. O pensamento de que o desenvolvimento econômico não tem como caminhar ao lado da preservação ambiental foi dando lugar a uma nova perspectiva de que, se não houver um manejo correto dos recursos, esses serão extintos.

Na Ecologia, o termo sustentabilidade está relacionado, principalmente, com a manutenção dos recursos naturais, de forma a garantir a vida. Assim, quando se fala em sustentabilidade ecológica, buscam-se estratégias para o estabelecimento de prioridades conservacionistas. Para isso, são realizadas avaliações levando em consideração índices que produzirão uma resposta quantitativa sobre a qualidade do sistema, sendo esse avaliado em seus mais diversos aspectos, de forma a permitir que se elaborem estratégias eficazes.

Sustentabilidade no Brasil e no mundo

Como dito anteriormente, as discussões sobre sustentabilidade tiveram início devido às discussões sobre fontes energéticas, já que os modelos de desenvolvimento estavam dependentes dos combustíveis fósseis, recursos não renováveis.

Essa discussão iniciou-se entre os anos 60 e 70 e perdurou de forma a chegar ao fórum das Nações Unidas, que realizou, no Brasil, em julho de 1992, a Rio-92Conferência da ONU para o Meio ambiente e o Desenvolvimento. Nesse momento, buscava-se a conscientização dos países desenvolvidos e grandes empresas sobre a necessidade de um novo modelo de desenvolvimento que pudesse ser conciliado com a preservação dos ecossistemas.

Naquele momento, estratégias foram elaboradas para que se buscasse um novo modelo de desenvolvimento sustentável. No entanto, essas estratégias foram atacadas por grandes países e empresas que buscam redefinir esses acordos globais, de forma que o que foi alterado não correspondeu aos anseios originais. Assim, embora tenha havido algumas mudanças, o modelo de desenvolvimento atual continua desconsiderando a questão ambiental.

Para que essa realidade mude, faz-se necessário não só que haja mais governantes comprometidos com o desenvolvimento sustentável, mas também uma mudança nas formas de consumo das pessoas e nas relações individuais e coletivas com o meio ambiente.

 

O desenvolvimento econômico deve buscar caminhar lado a lado com a preservação dos recursos naturais.
O desenvolvimento econômico deve buscar caminhar lado a lado com a preservação dos recursos naturais.
Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados