Câncer de próstata

Você está aqui:

O câncer de próstata é um dos tipos de câncer de maior prevalência no mundo. Essa doença afeta a próstata e acomete os homens, principalmente, após os 65 anos de idade. Alguns fatores de risco são ligados a essa doença, como a idade avançada, obesidade, entre outros.

Essa doença apresenta-se, na maioria das vezes, assintomática e com crescimento lento, no entanto, pode levar à morte. Todos os anos, no mês de novembro, é realizada uma campanha de conscientização a respeito desse tipo de câncer, o Novembro Azul.

Leia também: Câncer de mama – um dos cânceres que mais afetam as mulheres

Como ocorre o câncer de próstata?

O câncer de próstata afeta uma glândula presente no sistema reprodutor masculino, a próstata. Essa glândula localiza-se abaixo da bexiga, na frente do reto, e envolve a uretra. Apresenta como função a produção de um líquido que é parte constituinte do sêmen (um líquido liberado durante o ato sexual onde estão presentes os espermatozoides).

O câncer de próstata afeta a próstata, uma glândula localizada abaixo da bexiga, na frente do reto, e que envolve a uretra.
O câncer de próstata afeta a próstata, uma glândula localizada abaixo da bexiga, na frente do reto, e que envolve a uretra.

Esse tipo de câncer acomete principalmente os homens acima de 65 anos de idade, no entanto, pode ocorrer em indivíduos com idade inferior, principalmente os que apresentam fatores de risco para essa doença.

Trata-se de um dos tipos de câncer que apresentam maior prevalência no mundo, sendo a segunda principal causa de morte de homens por câncer no Brasil, estando atrás apenas de mortes ocasionadas por câncer de pulmão. No Brasil, em índices de incidência, esse tipo de câncer está atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fatores de risco para o câncer de próstata

Alguns fatores podem aumentar o risco de surgimento do câncer de próstata. São eles:

  • Idade avançada, acima dos 55 anos de idade;

  • Casos de câncer de próstata na família, principalmente casos de pai e/ou irmão que tiveram esse tipo de câncer antes dos 60 anos de idade;

  • Sobrepeso e obesidade;

  • Exposição a algumas substâncias, como aminas aromáticas, arsênio, hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, produtos de petróleo, motor de escape de veículo, fuligem e dioxinas;

  • Indivíduos de pele negra.

Veja também: Linfoma – neoplasia que ocorre nos tecidos linfáticos

Sintomas do câncer de próstata

O câncer de próstata é uma doença que, na maioria das vezes, apresenta um desenvolvimento lento e assintomático. Quando sintomas estão presentes, eles se caracterizam por:

  • Dificuldade de urinar;

  • Diminuição do jato de urina;

  • Aumento na frequência da urina;

  • Presença de sangue na urina ou sêmen;

  • Em alguns casos, pode surgir dor óssea.

Diagnóstico do câncer de próstata

O diagnóstico do câncer de próstata é realizado inicialmente por meio de dois exames: o exame de toque retal, para verificar se há alterações no tamanho da glândula, em sua consistência, se há presença de nódulos ou se gera dor ao toque (é importante destacar que esse exame é realizado de forma rápida e indolor); e o exame de PSA, que mede os níveis do antígeno prostático específico, produzido pela próstata. Uma concentração elevada dessa proteína no sangue pode ser indicativo da doença.

No entanto, esses exames isolados não são totalmente eficazes para o diagnóstico, sendo necessária a realização de um terceiro procedimento para a confirmação do diagnóstico, a análise histopatológica de tecido da próstata (biópsia). Alguns exames complementares de imagem podem ser solicitados.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde não recomendam que se realizem os exames para detecção de câncer de próstata em indivíduos que não apresentem sinais ou sintomas da doença.

Um dos exames realizados para o diagnóstico do câncer de próstata é o PSA.
Um dos exames realizados para o diagnóstico do câncer de próstata é o PSA.

Tratamento do câncer de próstata

A melhor forma de tratamento para esse tipo de câncer deve ser discutida entre o paciente e o médico, pois envolve diversas técnicas e está relacionada ao grau de comprometimento do organismo. O tratamento pode envolver uma observação vigilante, cirurgia, radioterapia e terapia hormonal.

Prevenção do câncer de próstata

Alguns fatores podem contribuir para o bem-estar do indivíduo, além de auxiliarem na prevenção de algumas doenças, como o câncer de próstata. Dentre eles, podemos destacar:

  • Manter uma alimentação saudável;

  • Manter um peso corporal adequado, evitando o sobrepeso e a obesidade;

  • Realizar, no mínimo, 30 minutos de atividades físicas diariamente;

  • Não fumar;

  • Evitar bebidas alcoólicas;

  • Homens a partir dos 45 anos com fatores de risco ou 50 anos sem esses fatores devem procurar o urologista para conversarem sobre a prevenção do câncer de próstata.

Novembro azul

Novembro azul é uma campanha que é desenvolvida em diversos países durante o mês de novembro com o objetivo de conscientizar sobre a importância da prevenção e realização do diagnóstico do câncer de próstata, bem como sobre cuidados especiais com a saúde integral do homem. Saiba mais sobre essa campanha acessando nosso texto: Novembro azul.

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados