Câncer de pele

Você está aqui:
O câncer de pele pode surgir como manchas na pele.
O câncer de pele pode surgir como manchas na pele.

Curtidas

0

Comentários

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

O câncer de pele, como o próprio nome indica, é um tipo de câncer que afeta as células da pele, provocando o crescimento anormal e descontrolado dessas células. Esse tipo de câncer, que está bastante relacionado com a exposição inadequada ao sol, é bastante comum: são registrados cerca de 180 mil novos casos da doença anualmente pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Leia também: Efeitos nocivos do sol


Tipos de câncer de pele

Os tipos de câncer variam de acordo com as células da pele que são afetadas. Podemos classificar o câncer de pele em três tipos: carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma. Os dois primeiros tipos são os mais comuns, porém os menos letais, enquanto o melanoma é o tipo mais agressivo. Os tipos não melanoma correspondem a mais de 90% de todos os tipos de câncer de pele.

Veja, no esquema, a ilustração dos diferentes tipos de câncer.
Veja, no esquema, a ilustração dos diferentes tipos de câncer.

  • Carcinoma basocelular: é o tipo de câncer mais comum na população e atinge células profundas da epiderme. Está relacionado, principalmente, com a exposição inadequada ao sol e é comum, por exemplo, em áreas como rosto, pescoço e costas. Se tratado precocemente, pode ser curado.

  • Carcinoma espinocelular: é o segundo tipo mais frequente e atinge células chamadas de células escamosas, localizadas nas camadas mais superiores da pele. Esse tipo de câncer é mais comum nos homens, e a exposição excessiva e inadequada ao sol é uma de suas causas. Assim como o basocelular, é comum em locais como rosto, pescoço e costas.

  • Melanoma: é o mais raro e o mais agressivo tipo de câncer de pele. Esse câncer origina-se em células chamadas melanócitos, que apresentam como função produzir melanina, pigmento responsável por dar cor à pele. Por surgir nessa área, esse tipo de câncer apresenta-se como pintas de cor escura. O melanoma apresenta grande relação com a hereditariedade, porém apresenta também relação com a exposição inadequada ao sol.

IMAGEM FORTE: O melanoma atinge os melanócitos e surge como pintas de cor escura.
O melanoma atinge os melanócitos e surge como pintas de cor escura.


Causas do câncer de pele

O câncer de pele apresenta diferentes causas, mas está relacionado, geralmente, à exposição inadequada ao sol. Esse tipo de câncer é comum, principalmente, em pessoas de pele clara, que se queimam facilmente ao se exporem ao sol. Vale salientar que o câncer de pele não é causado apenas pela exposição ao sol, apresentando também relação genética.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Sintomas do câncer de pele

O câncer de pele surge como lesões que lembram pequenas pintas. Por isso, é importante conhecer bem seu corpo para identificar novas pintas na pele. Essas lesões, geralmente, apresentam algumas características que merecem atenção, tais como mudança de cor, bordas irregulares e aumento de tamanho. Elas ainda podem apresentar-se como feridas que não cicatrizam ou que coçam.


Regra do ABCDE

A regra do ABCDE permite reconhecer lesões suspeitas de câncer de pele:

  • A → Assimetria

  • B → Borda irregular

  • C → Cor com mais de dois tons

  • D → Dimensão superior a 6 mm

  • E → Evolui (cresce e muda de cor)

Veja a seguir um esquema que representa bem esses sintomas suspeitos:

Cada letra indica um sinal suspeito de câncer de pele.
Cada letra indica um sinal suspeito de câncer de pele.


Diagnóstico do câncer de pele

O diagnóstico do câncer de pele deverá ser feito por um médico dermatologista, que analisará as lesões, procurando sinais suspeitos, e recomendará a realização de biópsia. A biópsia consiste na retirada de parte da lesão para análise a fim de verificar a presença ou não de câncer.


Tratamento do câncer de pele

O câncer de pele será tratado de formas diferentes. O tratamento dependerá do tipo de câncer apresentado pelo paciente e também da gravidade do caso. Entre os procedimentos mais realizados, podemos destacar a retirada do tumor por meio cirúrgico, radioterapia, quimioterapia e alguns medicamentos, como pomadas.


Prevenção do câncer de pele

Para se prevenir do câncer de pele, algumas medidas devem ser tomadas, tais como:

  • Utilizar sempre protetor solar, independente se o dia está nublado ou não. É importante também reaplicar o filtro solar quando sair da água ou a cada duas horas.

  • Evitar exposição ao sol nos horários compreendidos entre 10 horas e 16 horas.

  • Utilizar óculos escuros e chapéus.

  • Utilizar roupas que cubram grande parte do corpo quando for necessário ficar muito tempo exposto ao sol.

Leia também: Protetor solar ideal

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: