Câncer

Câncer é uma doença que apresenta múltiplas causas e caracteriza-se pelo crescimento desordenado de células que invadem os tecidos, podendo-se espalhar por todo o corpo. Atualmente, é a segunda causa de morte em muitos países, como no Brasil. Aqui falaremos um pouco mais sobre essa doença, como suas causas e seus principais tipos.

Veja também: O que são doenças autoimunes?

O que é o câncer

As células cancerígenas apresentam desenvolvimento excessivo e podem invadir tecidos e órgãos vizinhos.
As células cancerígenas apresentam desenvolvimento excessivo e podem invadir tecidos e órgãos vizinhos.

Câncer é o nome dado a mais de 100 doenças que se caracterizam pelo crescimento desordenado de células do corpo. Esse crescimento desordenado ocorre pelo fato de que as células cancerígenas não respondem aos sinais que regulam o ciclo celular.

Acredita-se que isso ocorra por elas produzirem seus próprios fatores de crescimento e por apresentarem anormalidades na tradução do sinal do fator de crescimento para o controle do ciclo celular ou um controle anormal do ciclo celular. Esse controle anormal pode estar relacionado a alterações genéticas.

O crescimento anormal das células pode ocorrer de forma controlada ou descontrolada. Quando ocorre de forma controlada, seu crescimento fica restrito a um único lugar e as células apresentam nenhuma ou poucas alterações em sua forma e função. Geralmente esse crescimento ocorre por alguma alteração fisiológica ou alguma doença. No entanto, esse crescimento cessa, assim que o estímulo que o desencadeou também cessa. São exemplos de crescimento controlado as hiperplasias, metaplasias e displasias.

No crescimento celular descontrolado, o crescimento das células não cessa após cessar o estímulo que o desencadeou. As neoplasias, ou tumores, são exemplos desse tipo de crescimento e podem ser benignas ou malignas. A neoplasia maligna ou tumor maligno recebe também a denominação genérica de câncer.

Neoplasias benignas (tumores benignos)

Neoplasias malignas (tumores malignos)

Crescimento das células ocorre, geralmente, de forma lenta, organizada e delimitada.

Crescimento excessivo das células, podendo invadir tecidos e órgãos adjacentes.

As células apresentam poucas alterações em relação ao tecido a que pertencem.

As células apresentam muitas alterações, o que lhes permitem migrar para outros tecidos.

Não ocorre metástase.

Pode ocorrer metástase.

Não causam problemas sérios, podendo ser removidas por cirurgia.

Podem afetar o funcionamento de órgãos, e seu tratamento vai depender do tipo de câncer e do grau em que se encontra a doença.

Exemplos: miomas, adenomas, hemangiomas, lipomas, entre outros.

Exemplos: carcinoma, adenocarcinoma, osteossarcoma, entre outros.

O que é metástase?

A metástase é a migração das células cancerígenas para outros locais do corpo, diferentes do local onde foram originadas, criando novos focos de câncer. A metástase ocorre porque essas células proliferam-se invadindo tecidos vizinhos, assim, podem cair tanto no sistema circulatório quanto no linfático. Quando entram nesses sistemas, essas células acabam deslocando-se para as mais diversas partes do corpo, onde podem fixar-se e desenvolver-se, formando um novo tumor.

Causas do câncer

O câncer pode ter múltiplas causas, desde fatores genéticos a ambientais, ocorrendo até mesmo a interação de vários fatores. No entanto, a maioria dos casos está relacionada à exposição a fatores de risco ambientais.

O câncer pode ser causado devido à exposição a alguns fatores de risco, um exemplo desses é o tabagismo.
O câncer pode ser causado devido à exposição a alguns fatores de risco, um exemplo desses é o tabagismo.

Entre esses fatores, estão:

  • Tabagismo

  • Alcoolismo

  • Alimentação inadequada

  • Uso de alguns medicamentos

  • Exposição à radiação

Um fator que tem sido observado também é o grande número de casos de câncer em pessoas idosas. Isso se deve ao fato de que o envelhecimento torna as células mais suscetíveis a transformações, podendo estas serem malignas, além do fato de células de indivíduos mais idosos passarem mais tempo expostas a fatores de risco.

Leia também: Quais são os efeitos nocivos do Sol?

Tipos de câncer

Como dito, câncer é o nome dado a mais de 100 doenças. Estas são classificadas de acordo com o local de desenvolvimento do tumor primário. Dentre os tipos mais comuns de câncer, podemos citar:

Alguns estudos mostram que entre os tipos de câncer mais comuns em todo o mundo estão os de pulmão, estômago e intestino. Em homens, há uma prevalência de câncer de pulmão e de estômago. Já em mulheres, a prevalência é de câncer de mama e de colo de útero. É observado também que alguns tipos de câncer ocorrem com o avançar da idade. O câncer de pele, por exemplo, tem prevalência em indivíduos acima de 40 anos, e o câncer de próstata, em indivíduos a partir dos 65 anos.

Prevenção e tratamento do câncer

Muitos tipos de câncer ocorrem, principalmente, devido à exposição aos fatores de risco citados. Assim, a mudança de alguns hábitos pode contribuir para a prevenção de diversos tipos de câncer, assim como outras doenças. Uma alimentação saudável, evitar a ingestão de álcool, evitar o tabagismo, usar medicamentos apenas sob orientação médica, e cuidados com a exposição ao Sol, são alguns desses cuidados preventivos.

Exames preventivos podem detectar o câncer de forma precoce e, assim, contribuir com a eficácia do tratamento, como é o caso do câncer de mama.
Exames preventivos podem detectar o câncer de forma precoce e, assim, contribuir com a eficácia do tratamento, como é o caso do câncer de mama.

O tratamento do câncer depende do seu tipo e do grau em que se encontra. É importante destacar que exames preventivos, como os realizados para detecção de alterações nas mamas e colo de útero, podem auxiliar na detecção precoce da doença, o que é de extrema importância para um tratamento mais efetivo, aumentando as chances de cura do paciente. O tratamento do câncer é realizado principalmente via procedimento cirúrgico, quimioterapia e radioterapia.

Curtidas

0

por Helivania Sardinha dos Santos

Compartilhe:
Artigos de Câncer