Sistema reprodutor

Você está aqui:
No sistema reprodutor, também conhecido como sistema genital, são produzidos os gametas e as condições adequadas para o desenvolvimento do bebê, possibilitando a reprodução.

O sistema reprodutor, também chamado de genital, garante a reprodução. Nesse sistema, encontramos estruturas que produzem os gametas, especializadas em garantir a cópula e, no caso do sistema reprodutor feminino, o órgão em que é gerado o bebê. Além disso, o sistema reprodutor da mulher é diferente do sistema reprodutivo do homem.

Sistema reprodutor masculino

É no sistema reprodutor masculino que são produzidos os espermatozoides
É no sistema reprodutor masculino que são produzidos os espermatozoides

No sistema reprodutor masculino, existem órgãos externos e internos. Externamente, há duas estruturas: o pênis e o saco escrotal.

  • Pênis: O pênis é o órgão responsável pela cópula e caracteriza-se por possuir um tecido erétil que se enche de sangue no momento da excitação sexual.

  • Saco escrotal: É a região onde estão localizados os testículos. Sua temperatura é cerca de 2°C abaixo da temperatura do restante do corpo.

Internamente, os órgãos do sistema reprodutor masculino são: testículo, epidídimo, ducto deferente, ducto ejaculatório e uretra. Além dessas estruturas, existem as glândulas acessórias.

  • Testículo: O testículo é a gônada masculina, onde são formados os espermatozoides. Esses gametas são produzidos mais precisamente em túbulos enrolados, denominados de túbulos seminíferos. Os testículos também produzem a testosterona. O homem apresenta dois testículos.

  • Epidídimo: Local logo acima dos testículos onde os espermatozoides completam sua maturação e adquirem mobilidade.

  • Ducto deferente e ejaculatório: É um vaso que parte de cada epidídimo e encontra-se com o ducto da vesícula seminal, formando os ductos ejaculatórios, os quais se abrem na uretra.

  • Uretra: Percorre o pênis e é comum ao sistema excretor e reprodutor. Isso significa que pela uretra saem o sêmen e a urina.

  • Glândulas acessórias:

    • Vesículas seminais: Formam cerca de 60% do sêmen. Essa secreção destaca-se pela presença de frutose que garante energia para os espermatozoides.

      Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
    • Próstata: Produz uma secreção rica em enzimas anticoagulantes e citrato que também é nutriente para os espermatozoides.

    • Glândulas bulbouretrais: Produz uma secreção que limpa a uretra antes da ejaculação.

Sistema reprodutor feminino

É no sistema reprodutor feminino que o bebê se desenvolve
É no sistema reprodutor feminino que o bebê se desenvolve

Assim como o sistema reprodutor masculino, o sistema reprodutor feminino apresenta órgãos internos e externos. Os órgãos externos formam a chamada vulva e são constituídos por lábios maiores, lábios menores e clítoris.

  • Vulva: A vulva é formada pelos lábios menores, que protegem a entrada da vagina e da uretra, por lábios maiores que circundam os menores e pelo clítoris, que está localizado acima dos lábios menores. O clítoris é formado por tecido erétil e também recebe sangue no momento da excitação sexual. É um dos pontos mais sensíveis da mulher.

Os órgãos internos são: ovários, tuba uterina, útero e vagina.

  • Ovários: São as gônadas femininas, onde são produzidos os ovócitos. É nos ovários também que são produzidos os hormônios estrogênio e progesterona. As mulheres apresentam dois ovários.

  • Tuba uterina: A tuba uterina são dois tubos que se estendem dos ovários até o útero.

  • Útero: Um órgão muscular em forma de pera onde o bebê se desenvolve.

  • Vagina: Local onde o pênis se insere na hora da cópula e é também o canal por onde o bebê sai na hora do parto.


Aproveite para conferir as nossas videoaulas sobre o assunto:

O sistema reprodutor é responsável pela reprodução
O sistema reprodutor é responsável pela reprodução
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados