Homozigoto e heterozigoto

Você está aqui:
Homozigoto e heterozigoto são conceitos usados para indicar se um indivíduo apresenta par de alelos iguais ou diferentes para determinada característica.
Representação de alelos de cromossomos em uma cadeia de DNA
Os alelos têm relação com uma mesma característica e ocupam o mesmo locus em cromossomos homólogos.

Homozigoto e heterozigoto são conceitos usados para fazer referência aos alelos presentes em um indivíduo. Os indivíduos que apresentam um par de alelos idênticos para uma característica recebem a denominação de homozigotos. Os organismos que apresentam dois alelos diferentes para um gene, por sua vez, são chamados de heterozigotos.

Um indivíduo homozigoto produz apenas um tipo de gameta, já os indivíduos heterozigotos produzem gametas diferentes.

Leia também: Cromossomos sexuais — como é determinado o sexo do bebê?

Resumo sobre homozigoto e heterozigoto

  • Organismos homozigotos apresentam pares de alelos idênticos para determinada característica.

  • Organismos heterozigotos apresentam alelos diferentes para determinada característica.

  • Os alelos são representados por letras, sendo usada a letra maiúscula para indicar um alelo dominante e a letra minúscula para indicar um alelo recessivo.

  • Organismos homozigotos formam apenas um tipo de gameta, enquanto heterozigotos formam dois tipos diferentes de gametas.

O que é homozigoto e heterozigoto?

Homozigoto e heterozigoto são dois conceitos importantes da genética e referem-se aos alelos presentes em cromossomos homólogos de um indivíduo. Para entendermos melhor o conceito, inicialmente devemos saber o que são cromossomos, cromossomos homólogos, genes e alelos.

Cromossomos podem ser definidos como uma estrutura formada por uma molécula DNA associada a moléculas proteicas. Denomina-se cromossomos homólogos aqueles possuem mesmo formato, mesmo tamanho e a mesma sequência de genes. Um cromossomo homólogo é herdado do pai, enquanto o outro é herdado da mãe.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os genes são porções do DNA responsáveis por definir determinada característica hereditária. O espaço ocupado pelo gene em um cromossomo recebe a denominação de locus gênico. Por sua vez, o alelo é uma forma alternativa de um gene que pode produzir efeitos diferentes para uma mesma característica. Os genes alelos situam-se no mesmo locus em cromossomos homólogos.

Após entender esses conceitos, torna-se fácil compreender o que é um indivíduo homozigoto e um indivíduo heterozigoto. Veja, a seguir, a definição desses conceitos:

  • Homozigoto: um indivíduo homozigoto é aquele que apresenta dois alelos idênticos para determinado gene. Um desses alelos é proveniente do pai, enquanto o outro é proveniente da mãe.

  • Heterozigoto: um indivíduo heterozigoto é aquele que apresenta dois alelos diferentes para determinado gene. Nesse caso, é importante destacar que, apesar de determinarem a mesma característica, suas manifestações são diferentes. Assim como no indivíduo homozigoto, um desses alelos é proveniente do pai, e o outro é proveniente da mãe.

Saiba mais: Conceitos básicos para entender genética

Representação dos alelos

Em geral, representamos os alelos utilizando letras, sendo estas geralmente escolhidas com base na inicial da característica recessiva. Vale lembrar que um alelo é chamado de dominante quando ele se manifesta tanto em homozigose quanto em heterozigose. O alelo recessivo, por sua vez, só se expressa quando está em homozigose, ou seja, em pares.

Analisando o formato da semente de ervilha, temos ervilhas redondas e ervilhas enrugadas, sendo a característica redonda dominante e a enrugada recessiva. Considerando a explicação anterior, a letra utilizada para representar os alelos seria a letra e. O alelo dominante é representado pela letra maiúscula e o recessivo é escrito com letra minúscula. Desse modo, temos que os alelos que condicionam o formato da semente seriam E e e.

Indivíduos homozigotos, como vimos, apresentam apenas alelos idênticos entre si. Sendo assim, no caso do formato das sementes, os indivíduos homozigotos seriam EE e ee, sendo EE chamado de homozigoto dominante e o ee de homozigoto recessivo. Já os heterozigotos, que possuem alelos diferentes, poderiam ser representados por Ee.

Veja outro exemplo a seguir, utilizando as letras A e a para representar, respectivamente, um alelo dominante e recessivo:

Representação com letras maiúsculas e minúsculas de alelos dominantes e recessivos, em indivíduos homozigotos e heterozigotos
O alelo dominante foi representado pela letra A (maiúscula) e o alelo recessivo pela letra a (minúsculo).

A formação de gametas em homozigotos e heterozigotos

De acordo com a primeira lei de Mendel, durante a formação de gametas, os alelos se separam, terminando em gametas diferentes. Como indivíduos homozigotos apresentam alelos idênticos, os gametas por eles formados terão sempre a mesma variante do gene. No caso de indivíduos heterozigotos, quando os gametas forem formados, observamos que 50% apresentarão um alelo e os outros 50%, o outro alelo.

Considerando o exemplo do formato da semente, indivíduos EE poderão formar gametas apenas com alelos E. O mesmo vale para indivíduos ee, que poderão formar apenas gametas e. Já no caso dos indivíduos Ee, os gametas formados poderão conter o alelo E ou e.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados