Mielite transversa

Você está aqui:

Mielite transversa é uma inflamação que ocorre na medula espinhal e apresenta causas diversas, como infecções, doenças inflamatórias, doenças autoimunes, podendo também estar relacionada à pós-imunização. Dentre os sintomas da mielite transversa, podemos citar enfraquecimento dos músculos dos membros, dores nas costas, perda de sensibilidade e alterações esfincterianas.

Trata-se de uma doença rara, e seu diagnóstico é feito frequentemente por exclusão. Para isso são realizados exames de imagem e testes laboratoriais. O tratamento é realizado com uso de medicamentos e também por meio de terapias de reabilitação. Em alguns casos, a recuperação do paciente ocorre espontaneamente, no entanto pode haver recorrência da doença e alguns pacientes podem apresentar sequelas até mesmo incapacitantes.

Veja também: Poliomielite – virose que pode desencadear a paralisia

A mielite transversa é um processo infamatório que ocorre na medula espinhal, localizada dentro da coluna vertebral.
A mielite transversa é um processo infamatório que ocorre na medula espinhal, localizada dentro da coluna vertebral.

O que é a mielite transversa?

A mielite transversa é um processo inflamatório que ocorre na medula espinhal (estrutura localizada na coluna vertebral e responsável por conduzir as informações para o cérebro e dele para

outras regiões do corpo), podendo desencadear problemas graves.

Essa doença caracteriza-se pelo surgimento de sintomas de disfunções neurológicas motoras, sensitivas ou autonômicas, que se instalam em horas ou semanas. A instalação rápida e a gravidade dos sintomas podem estar relacionadas, de acordo com alguns atores, com um prognóstico ruim. É uma doença rara, com uma incidência anual de 1 a 4 casos novos por milhão de pessoas, podendo afetar indivíduos de todos os sexos, origens e idade, no entanto apresenta uma maior prevalência em pessoas entre 10 e 19 anos e entre 30 e 39 anos de idade.

Leia também: Sistema nervoso – divisões, estrutura e funções

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas da mielite transversa

A mielite transversa é uma doença de múltiplas causas. Em muitos casos, ela surge sem uma causa específica (idiopática), mas é frequentemente associada a processos infecciosos (de origem viral ou bacteriana), estando relacionada, por exemplo, ao sarampo, sífilis e HIV.

Alguns casos de mielite transversa também foram associados à covid-19. Doenças autoimunes sistêmicas também têm sido associadas ao desenvolvimento de mielite transversa, assim como alterações vasculares, algumas neoplasias e doenças inflamatórias. A mielite transversa pode também ser a primeira manifestação da esclerose múltipla.

O surgimento dessa doença também foi observado após a vacinação contra algumas doenças, como difteria, tétano e coqueluche (vacina dTpa), bem como a de hepatite. Além disso, durante o processo de testagem de uma das vacinas contra a covid-19, o surgimento de um caso de mielite transversa em um dos voluntários levou à suspensão do processo para avaliação. Entretanto, é importante destacar que essa relação de causa-efeito entre mielite transversa e vacinação é inconclusiva.

Leia também: Lúpus doença autoimune que pode estar associada à mielite transversa

Sintomas da mielite transversa

A mielite transversa manifesta-se de diferentes maneiras, podendo ser observados alguns sintomas, como os descritos a seguir.

  • Febre

  • Fraqueza muscular dos membros

  • Perda de sensibilidade

  • Dor nas costas

  • Dor neuropática

  • Disfunção sexual

  • Incontinência de bexiga e intestinal

  • Dificuldade em evacuar

Um dos sintomas da mielite transversa é a fraqueza muscular nos membros.
Um dos sintomas da mielite transversa é a fraqueza muscular nos membros.

Diagnóstico da mielite transversa

O diagnóstico da mielite transversa é realizado muitas vezes por exclusão, buscando observar, por exemplo, se não há compressão da medula ou outras doenças neurológicas. Para isso, além da avaliação clínica, alguns exames são realizados, como a ressonância magnética, exames laboratoriais que possam ajudar a identificar a causa da mielite transversa, exames sorológicos e análise do líquido cefalorraquidiano.

Acesse também: Neurônios – as células responsáveis pelos impulsos nervosos

Tratamento da mielite transversa

O tratamento da mielite transversa é feito com uso de medicamentos para reduzir o tempo de duração da doença e para tratar os sintomas. Além disso, é realizado também o tratamento não farmacológico por meio, por exemplo, de fisioterapia. As terapias auxiliam a reduzir a recorrência da doença, sendo também importantes para prevenir a progressão da incapacidade funcional. Alguns pacientes apresentam uma recuperação espontânea logo nas primeiras semanas, no entanto, em alguns casos, pode haver recorrência da doença, e alguns pacientes podem apresentar também sequelas, que vão desde suaves a incapacitantes.

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados