Faringe

Você está aqui:

A faringe é uma estrutura que funciona como passagem para alimentos, bebidas e também o ar, sendo um órgão que faz parte tanto do sistema digestório quanto do sistema respiratório. Está localizada posteriormente à cavidade nasal, oral e à laringe, sendo reconhecidas a porção nasal, oral e laríngea do órgão. As três partes da faringe não apresentam limites precisos. Destaca-se também a presença de tonsilas, estruturas relacionadas com a defesa contra agentes estranhos que possam estar presentes nos alimentos e no ar. A infecção da faringe é conhecida como faringite.

Leia também: Principais sistemas do corpo humano

Características gerais da faringe

A faringe é um órgão que participa ativamente da deglutição e da respiração, uma vez que faz parte tanto do sistema respiratório quanto do sistema digestório. Possui cerca de 12,5 cm de comprimento e é dividida em três porções: nasal, oral e laríngea.

Esse órgão é revestido por epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado na região contínua ao esôfago. Nas regiões próximas à cavidade nasal, por sua vez, é encontrado epitélio pseudoestratificado cilíndrico ciliado com presença de células caliciformes. Também apresenta muitas glândulas salivares menores, bem como as chamadas tonsilas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Porções da faringe

  • Nasofaringe: é a primeira parte da faringe e está situada atrás do nariz. Ela se comunica com a cavidade nasal pelas coanas e é contínua com a orofaringe. A nasofaringe é separada da orofaringe pelo palato mole e é revestida por epitélio do tipo respiratório. Na parede lateral da nasofaringe, encontra-se uma abertura chamada de óstio faríngeo da tuba auditiva. É nessa abertura que desemboca a tuba auditiva, que é responsável por comunicar a parte nasal da faringe com a cavidade timpânica da orelha média. Essa comunicação permite que as pressões do ar externo e presentes dentro da cavidade sejam igualadas. Se, por um lado, essa comunicação é benéfica, por outro, permite que infecções da faringe propaguem-se em direção à orelha média.

  • Orofaringe: é a porção oral da faringe. Ela é revestida por epitélio estratificado pavimentoso. Comunica-se com a cavidade oral por meio de aberturas chamadas de istmo das fauces.

  • Laringofaringe: porção localizada posteriormente à laringe, por baixo do osso hioide. Essa porção da faringe abre-se na laringe e esôfago.

Observe as principais porções da faringe.
Observe as principais porções da faringe.

Tonsilas

As tonsilas são estruturas constituídas por tecido linfático que atuam defendendo o corpo contra agentes estranhos presentes no ar e alimentos. Elas são responsáveis, portanto, por promover um início de resposta imunitária, estando localizadas em uma posição estratégica. De acordo com sua localização, são chamadas de tonsilas faringianas, tonsilas palatinas e tonsilas linguais.

As tonsilas palatinas são duas massas de tecido linfoide encontradas na parte oral da faringe, sendo também denominadas de amígdalas. Essas tonsilas apresentam criptas, que são invaginações epiteliais. Nessas criptas, podem acumular-se células epiteliais descamadas, linfócitos e bactérias.

Nas amigdalites (inflamação das amígdalas), esses acúmulos surgem como pontos purulentos. Essa doença provoca sintomas como garganta inflamada, dificuldade para engolir alimentos, dores de cabeça, febre e mau hálito. A amigdalite pode ter causa bacteriana ou viral, portanto o tratamento varia em cada indivíduo. O tratamento inclui, por exemplo, anti-inflamatórios e analgésicos. Em algumas situações, a retirada das amígdalas é recomendada.

A tonsila faringiana ou faríngea é única e está localizada na porção superoposterior da faringe. Quando está aumentada em volume, é denominada de adenoide, a qual prejudica a respiração, sendo necessária, em alguns casos, a realização de cirurgia para a correção do problema. O indivíduo com adenoide, de maneira geral, costuma respirar pela boca e possui uma voz mais nasalada. Vale salientar que alguns autores consideram adenoide um sinônimo de tonsila faringiana.

Quando a tonsila faringiana está aumentada, há dificuldade para respirar.
Quando a tonsila faringiana está aumentada, há dificuldade para respirar.

As tonsilas linguais são pequenas e mais numerosas do que as outras tonsilas descritas. Elas estão localizadas na base da língua.

Leia também: Epiglote — estrutura cartilaginosa presente na laringe

Faringite

A faringite é uma inflamação da faringe e pode ter diferentes causas, como infecção por vírus e bactérias. Um dos sintomas da faringite é a famosa dor de garganta, a qual pode vir acompanhada de garganta seca, febre, dificuldade para engolir e dor de ouvido irradiada.

A faringite provoca a famosa dor de garganta.
A faringite provoca a famosa dor de garganta.

O tratamento está diretamente relacionado com a causa da faringite. No caso das faringites bacterianas, o uso de antibióticos é recomendado. O uso de analgésicos e anti-inflamatórios pode ser também recomendado. Anestésicos locais, como pastilhas e sprays, auxiliam a diminuir a dor.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados