Frutas

Você está aqui:

Frutas podem ser definidas popularmente como partes das plantas originárias da flor, comestíveis, que apresentam aroma característico, sabor adocicado e são ricas em suco. O consumo de frutas é de extrema importância para ter-se uma alimentação balanceada, pois são ricas em:

Muitas pessoas confundem frutas e frutos, utilizando os dois termos como sinônimos. No entanto, frutas e frutos nem sempre são a mesma coisa, sendo o termo fruto utilizado para denominar a parte da planta originada do ovário maduro da flor, já a fruta pode também se originar de outras partes da flor, por exemplo, de seu pedúnculo, como é o caso do caju.

Veja também: O que são pseudofrutos?

O que são frutas?

As frutas apresentam sabor adocicado, aroma característico e são ricas em suco.
As frutas apresentam sabor adocicado, aroma característico e são ricas em suco.

Frutas é um termo utilizado popularmente para definir as partes da planta que são comestíveis e que se originaram da flor. As frutas caracterizam-se também por terem um sabor adocicado, um aroma característico, além de serem ricas em suco.

As frutas são ricas em diversos nutrientes, como vitaminas e sais minerais, além disso, apresentam baixa quantidade de carboidratos e gorduras, sendo assim uma forte aliada para a manutenção da saúde.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Importância das frutas na alimentação

As frutas são alimentos ricos em diversos tipos de vitaminas, sais minerais, fibras e substâncias antioxidantes. Todos esses compostos presentes nelas contribuem para:

  • prevenir o envelhecimento precoce e a queda de cabelo;
  • melhorar o funcionamento do intestino;
  • fortalecer o sistema imunológico;
  • auxiliar na redução dos níveis de gordura no sangue;
  • previnir osteoporose, câncer de cólon, doenças oculares, como a xeroftalmia, doenças coronarianas, entre outras.

As frutas apresentam baixa quantidade de carboidratos e gorduras, o que faz delas grandes aliadas para quem busca por uma alimentação mais saudável, além disso, como possuem baixos teores energéticos, contribuem na prevenção e controle da obesidade. No entanto, é importante destacar que algumas frutas apresentam grande quantidade de açúcares, requerendo, assim, um consumo moderado.

Como consumir as frutas?

É importante que se ingira, ao menos, três porções de frutas diariamente, como lanches ou sobremesas. Ao ingerir-se frutas na sobremesa, elas podem auxiliar inclusive na absorção de alguns nutrientes ingeridos durante a refeição, por exemplo, a vitamina C, presente em grande parte das frutas, facilita a absorção de ferro presente na carne, feijão e folhas.

As frutas podem ser consumidas em pedaços ou em sucos. No entanto, quando processadas, podem ocorrer algumas perdas, como de vitaminas e fibras. Assim, o ideal é que se ingira a fruta em pedaços e, sempre que possível, com casca, pois na casca é onde encontramos a maior quantidade de fibras e algumas vitaminas. É importante sempre variar as frutas, pois cada fruta possui diferentes quantidades de nutrientes.

Crianças, de seis meses até 23 meses de idade, devem ingerir de três a quatro porções diárias de frutas, sendo que cada porção deve conter cerca de 35 Kcal, por exemplo:

  • ½ banana
  • ½ maçã
  • 1/3 de mamão-papaia ou
  • 1 laranja

Indivíduos acima de dois anos de idade devem ingerir ao menos três porções, sendo que cada porção deve conter cerca de 70 Kcal.

Veja mais: Angiospermas – grupo de plantas cuja principal característica é a presença de flores e frutos

As frutas devem ser consumidas, sempre que possível, com casca.
As frutas devem ser consumidas, sempre que possível, com casca.

Diferença entre frutas e frutos

Embora muitos utilizem os dois termos como sinônimos, frutos e frutas nem sempre são a mesma coisa. Como mencionado, frutas é o nome dado às partes das plantas originárias das flores, comestíveis, que apresentam aroma característico, sabor adocicado e são ricas em suco. Os frutos, no entanto, são originários do ovário da flor após a fecundação. O ovário desenvolve-se, dando origem ao fruto, o qual abriga as sementes, originadas dos óvulos, em seu interior.

Assim, nem toda fruta é um fruto e nem todo fruto é uma fruta. O caju, por exemplo, é originado do pedúnculo da flor, sendo então uma fruta, mas não um fruto. O tomate origina-se do ovário da flor, sendo então um fruto, mas não uma fruta. Saiba mais sobre essa dúvida frequente acessando: Diferença entre fruta e fruto.

Frutas de A a Z

  • A: abacaxi, abacate, amora
  • B: banana, bacuri, buriti
  • C: caju, carambola, cacau
  • D: damasco, durião
  • E: embaúba
  • F: figo,framboesa
  • G: goiaba, graviola, groselha
  • H: heisteria
  • I: ingá
  • J: jambo, jabuticaba
  • K: kiwi
  • L: laranja, limão, lichia
  • M: mamão, melancia, marmelo
  • N: nectarina, nêspera
  • O: olho-de-boi
  • P: pera, pêssego, physalis
  • Q: quina
  • R: romã
  • S: seriguela, sapoti
  • T: tâmara, tamarindo, tangerina
  • U: umbu, uva
  • V: veludo
  • W: wampee
  • X: xixá
  • Y: yamamomo
  • Z: zimbro

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados