Manga

Você está aqui:
Manga é um fruto rico em vitaminas, sais minerais e fibras, e seu consumo é benéfico à saúde. É consumida no Brasil, principalmente, in natura.
A manga é um fruto do tipo drupa.
A manga é um fruto do tipo drupa.

A manga é uma fruta muito consumida em várias partes do mundo, incluindo o Brasil. Ela é o fruto da mangueira, uma árvore de grande porte da família Anacardiaceae. Destaca-se por apresentar grande quantidade de polpa bem como aroma e cor característicos. A polpa pode ser consumida in natura ou utilizada na preparação de receitas tanto doces quanto salgadas.

O consumo de manga é benéfico à saúde, uma vez que ela é rica em vitaminas, sais minerais e fibras. Seu consumo se relaciona com a saúde dos olhos e da pele, o bom funcionamento do intestino e a prevenção de algumas doenças, como cânceres.

Leia também: Diferença entre fruto e fruta

Resumo sobre manga

  • A manga é o fruto da mangueira, árvore da família Anacardiaceae.
  • Tem grande quantidade de polpa, aroma agradável e sabor adocicado.
  • Entre suas variedades, algumas das mais conhecidas pelo mercado brasileiro são a Rosa, a Palmer e a Espada.
  • É rica em vitaminas, sais minerais e fibras.
  • Seu consumo faz bem à saúde do nosso corpo.
  • Seu consumo com leite não causa danos à saúde.

Mangueira

A mangueira (Mangifera indica) é a árvore originária da Ásia responsável por produzir um fruto bastante apreciado e conhecido como manga. É uma espécie da família Anacardiaceae, e destaca-se por ser uma árvore alta, com cerca de cinco metros de altura. Suas folhas apresentam coloração violácea quando estão em desenvolvimento, tornando-se verde-escura e coriácea quando desenvolvidas.

A mangueira produz inflorescências do tipo panícula. Na panícula percebe-se dois tipos de flores: as perfeitas e as estaminadas. Flores perfeitas têm parte feminina e masculina, enquanto as estaminadas são masculinas. As flores masculinas não têm fruto. O fruto da mangueira é do tipo drupa.

De acordo com a Embrapa, na publicação A cultura da manga|1|, a mangueira é uma espécie que se desenvolve bem em regiões onde as estações seca e chuvosa são bem marcadas. Após o surgimento dos frutos, é benéfica a ocorrência de chuva, pois, ainda de acordo com a Embrapa, estimula seu desenvolvimento e impede sua queda. O Brasil se destaca como um grande produtor de manga, cuja planta, a mangueira, foi introduzida em nosso território ainda no século XVI.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Manga

A manga é um fruto do tipo drupa produzido pela mangueira. Analisando esse fruto, é possível observar a presença de casca, polpa suculenta e caroço, o qual possui uma única semente. A polpa tem consistência carnosa e coloração amarelada. O fruto tem peso bastante variável, sendo possível observar mangas com 150 g a 700 g. A coloração da casca muda de acordo com a variedade analisada, bem como o formato, que pode ser oval, alongado, reniforme ou arredondado.

  • Variedades de manga

Entre as variedades de manga, destaca-se aqui a Tommy Atkins, a Espada, a Palmer e a Rosa. A variedade Tommy Atkins é, atualmente, a mais cultivada mundialmente para exportação. Essa escolha é explicada pela maior resistência da variedade a pragas e doenças e por apresentar maior durabilidade após a colheita. É uma variedade originada na Flórida e que possui um fruto de médio a grande, com casca espessa, polpa firme e teor de fibra médio. Sua casca é amarela alaranjada, com manchas vermelhas.

A variedade Espada é uma das mais conhecidas dos brasileiros. Tem tamanho médio, com casca espessa e polpa rica em fibra. Sua coloração é verde intenso ou amarela esverdeada. A manga Palmer tem casca fina vermelha, quando madura, e sua polpa é firme e com pouca ou nenhuma fibra, e o tamanho do fruto é médio a grande.

A manga Rosa é também bastante conhecida e apresenta tamanho médio, casca espessa e polpa fibrosa e moderadamente suculenta. Ela apresenta casca com cor que varia de amarela à rosa avermelhada.

  • Videoaula sobre tipos de frutos | aula prática

Consumo de manga

A manga apresenta polpa suculenta, com sabor adocicado e aroma característico. No Brasil, é consumida, principalmente, in natura, entretanto, ela pode ser usada na elaboração de diversos pratos. Vitaminas, sucos, tortas, geleias bolos e mousses são alguns dos pratos que podem levar manga. Preparações salgadas também podem ser feitas, como risotos, saladas, ceviche e molhos para acompanhar carne.

Duas taças de sobremesa com pudim de tapioca com coco e manga em superfície escura
A manga pode ser consumida de diferente formas, tais como sucos, doces, geleias e mousses.

Antes de consumir uma manga madura, é importante sentir a sua consistência pressionando-a delicadamente. Diferentemente de outras frutas, a análise da cor da casca não é uma boa forma de averiguar a maturação do fruto. A manga madura pode ser armazenada na geladeira, e sua polpa pode ser congelada.

  • Manga com leite faz mal?

Muitas pessoas se perguntam se consumir manga com leite é prejudicial à saúde. Essa dúvida se baseia em um mito, e o consumo da fruta com leite pode ser, na verdade, muito nutritivo. De acordo com historiadores, esse mito surgiu na época da escravatura e foi criado para evitar que os escravizados comessem esses alimentos.

Leia também: Dicas de como manter uma alimentação saudável

Benefícios do consumo de manga

O consumo da manga pode trazer uma série de benefícios à nossa saúde. A manga é rica em vitamina A, C; minerais, como potássio, ferro, cálcio, zinco e magnésio; e fibras. Devido a isso, seu consumo ajuda no funcionamento adequado do intestino e melhora a saúde da pele e dos olhos.

Devido à presença de fitoquímicos com propriedades antioxidantes, a manga também contribui na prevenção de doenças cardiovasculares e até mesmo de cânceres. O alto teor de fibras nessa fruta a torna também uma boa aliada no emagrecimento, uma vez que as fibras provocam saciedade.

Nota

|1| FONSECA, N. et al. A cultura da manga. 2ª ed. revisada e ampliada. Brasília: Embrapa, 2006. Para acessar, clique aqui.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados