Floema

Você está aqui:
O floema é constituído por tecidos e vasos que conduzem a seiva elaborada das folhas para toda a planta
O floema é constituído por tecidos e vasos que conduzem a seiva elaborada das folhas para toda a planta

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

O floema, ou líber, é o conjunto formado por tecidos e vasos, denominados de vasos liberianos, que conduzem as substâncias orgânicas produzidas nas folhas para toda a planta e, por isso, está presente em todo seu organismo. Em raízes primárias, cordões de floema alternam-se com cordões de xilema. Em raízes secundárias, essa estrutura localiza-se externamente ao xilema.

Constituição do floema

O floema primário é constituído por elementos celulares provenientes da atividade do procâmbio. O floema secundário constitui-se de elementos celulares provenientes da atividade do câmbio.

Os diversos tipos celulares que compõem o floema são:

  • Elementos crivados: são as principais células condutoras do floema. Eles são constituídos por células crivadas e elementos de tubo crivado. Uma das principais características desse tipo celular é a presença de área crivada na parede, o que permite a interconexão dos protoplastos. Apresentam também protoplasto vivo e degeneração do núcleo na maturidade;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Células parenquimáticas: apresentam a função de armazenamento de sustâncias;

  • Células companheiras: células especializadas associadas ao elemento de tubo crivado. Acredita-se que essas células comandem as atividades dos elementos de tubo crivado, além de desempenharem também uma função na distribuição dos assimilados do elemento de tubo crivado;

  • Células albuminosas: células especializadas associadas às células crivadas presentes em gimnospermas (que não apresentam células companheiras), cuja função acredita-se ser a mesma desempenhada pelas células companheiras;

  • Fibras e esclereides: apresentam a função de sustentação e, algumas vezes, de armazenamento.

Função do floema

Além do transporte da seiva elaborada (substância orgânica produto da fotossíntese) das folhas para toda a planta, o floema também transporta diversas outras substâncias, como aminoácidos, hormônios, lipídios e proteínas. Por ser um dos maiores vasos condutores, o floema acaba por ser a via de transporte também de diversos vírus pela planta.

Curtidas

0

Compartilhe: