Colágeno

Você está aqui:

O colágeno é uma proteína fibrosa, estrutural e de origem animal, encontrada na matriz extracelular formando fibras resistentes. O colágeno é uma das proteínas mais abundantes do reino animal, estando presente, principalmente, nos tecidos conjuntivo e ósseo. No corpo humano, o colágeno corresponde a cerca de 40% das proteínas. A seguir apresentamos um pouco mais sobre essa proteína, como sua estrutura e sua síntese, além dos benefícios que ela traz ao organismo.

O colágeno é constituído por três polipeptídeos helicoidais associados em uma tripla-hélice.
O colágeno é constituído por três polipeptídeos helicoidais associados em uma tripla-hélice.

Leia também: Dicas para uma alimentação saudável

Estrutura e função do colágeno

O colágeno é uma proteína constituída por três polipeptídeos helicoidais associados em uma tripla-hélice. Essa proteína forma fibras que ficam embebidas em uma rede de proteoglicanos (moléculas constituídas por uma proteína central e cadeias de carbono).

Tais fibras são bastante resistentes, o que configura a sua função estrutural, dando sustentação, resistência e elasticidade aos locais onde se encontram, como tecidos conjuntivos e ósseos, músculo liso, tendões, entre outros locais.

O colágeno é sintetizado com base nos aminoácidos.
O colágeno é sintetizado com base nos aminoácidos.

Algumas doenças, como a esclerose sistêmica, podem causar o acúmulo de colágeno nos tecidos, esse acúmulo é denominado fibrose e pode desencadear transtornos na funcionalidade dos órgãos em que ocorre.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Benefícios do consumo de colágeno

O colágeno é encontrado principalmente na pele e carne de porco e no couro e ossos bovinos. Ele pode ser extraído na forma de pó e de fibras, e, com base nessas formas, podem ser produzidos o colágeno hidrolisado e a gelatina. O consumo de colágeno traz diversos benefícios, como:

  • melhora na firmeza e elasticidade da pele;

  • prevenção do envelhecimento, devido à sua ação antioxidante;

  • proteção das articulações;

  • auxílio no tratamento da osteoporose, entre outros.

Veja também: Qual a quantidade ideal de água que devemos ingerir diariamente?

Suplementação de colágeno

O consumo de colágeno pode trazer diversos benefícios, como a prevenção do envelhecimento e a proteção das articulações.
O consumo de colágeno pode trazer diversos benefícios, como a prevenção do envelhecimento e a proteção das articulações.

Uma deficiência de colágeno pode ser observada em indivíduos que apresentam uma má alimentação, bem como em indivíduos com idade mais avançada, já que apenas a alimentação, neste último caso, não é suficiente para suprir a demanda por alguns nutrientes. Com o passar dos anos, é observado também um aumento em casos de doenças que causam tanto deformidades ósseas quanto cartilaginosas. Diante disso, a suplementação de colágeno pode ser essencial.

Uma das formas de suplementação pode ser feita por meio do colágeno hidrolisado. O colágeno hidrolisado é um nutracêutico — substâncias (alimento ou produto) que podem atuar na prevenção ou tratamento de doenças sem causar efeitos adversos —, sendo considerado de baixo efeito colateral, rico em glicina e prolina, aminoácidos essenciais para a estabilidade e a regeneração das cartilagens.

Estudos mostram que o colágeno hidrolisado tem apresentado bons resultados no aumento da densidade mineral óssea, além de apresentar um efeito protetor da cartilagem articular, e nos alívios de sintomas, como a dor em doenças como a osteoartrite e osteoporose.

Leia também: Escorbuto: a doença relacionada à deficiência de vitamina C

Síntese do colágeno

O colágeno é sintetizado com base em, principalmente, três aminoácidos: glicina, prolina e hidroxiprolina. Como dito, as proteínas, em geral, são constituídas por polipeptídeos organizados em estruturas tridimensionais específicas.

No colágeno não é diferente. Na sequência de aminoácidos que formam as suas cadeias polipetídicas, a presença de glicina é observada repetidamente a cada terceira posição. A glicina é um dos aminoácidos mais presentes no colágeno (cerca de 33%). A diferença na estrutura química dessas cadeias é que caracteriza os diversos tipos dessa proteína.

Curiosidade sobre o colágeno

Queloide é um tipo de fibrose (acúmulo de colágeno) que ocorre em cicatrizes, sendo prevalente em indivíduos de pele negra.

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados