Doenças relacionadas com a água

Você está aqui:
O lançamento de esgoto sem tratamento causa a poluição das águas e enfermidades na população que as utiliza
O lançamento de esgoto sem tratamento causa a poluição das águas e enfermidades na população que as utiliza

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

A água é essencial para a existência de vida no planeta. Ela é utilizada para saciar a sede, produção de alimentos, lazer, entre outros. No entanto, várias doenças estão relacionadas à água. A transmissão de algumas doenças pode ocorrer por ela – pela ingestão ou contato com a pele, por exemplo – ou ela pode servir de criadouro para vetores, por exemplo, como ocorre com o mosquito Aedes aegypti.

Alguns fatores favorecem a transmissão direta de doenças pela água. Em virtude de seus múltiplos usos, os corpos d'água acabam sendo afetados pelas ações humanas, tornando-se, muitas vezes, impróprios para o consumo. Na agricultura, por exemplo, muitos fertilizantes e agrotóxicos escoam das plantações para os corpos d'água, poluindo-os.

As doenças relacionadas à água podem ser causadas por toxinas ou por micro-organismos, como bactérias, protozoários, entre outros. Elas podem ser classificadas segundo a sua forma de transmissão. Acompanhe:

1. Ingestão direta de água contaminada: cólera, febre tifoide, hepatite A, diarreias causadas por bactérias, como a Escherichia coli, por vírus, como o Rotavírus, e protozoários, como a Ameba e Giardia.

Principais sintomas: diarreia líquida, náusea, vômitos, dores abdominais e, em alguns casos, febre.

2. Contato com água contaminada: leptospirose e esquistossomose.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Principais sintomas: em casos de leptospirose, os sintomas são febre alta, calafrios, dores de cabeça, musculares e articulares; esquistossomose: reação alérgica com coceira, vermelhidão e dor. Pode também afetar órgãos, como o fígado.

3. Falta de saneamento básico e hábitos precários de higiene: pediculose, tracoma, conjuntivite bacteriana e verminoses, como ascaridíase.

Principais sintomas: nesses casos, os sintomas variam muito entre as doenças. No entanto, no caso das verminoses, os sintomas são semelhantes: diarreia, náuseas, vômitos, dores abdominais, falta de apetite e anemia.

4. Uso da água como criadouro para vetores de doenças: dengue, malária, febre amarela.

Principais sintomas: nesses casos, os sintomas também são variáveis, no entanto, podemos destacar a febre alta, dores de cabeça e icterícia.

Diante do exposto, é sabido que a melhor forma de prevenir essas doenças é, principalmente, manter hábitos saudáveis de higiene, eliminar os criadouros de vetores de algumas doenças, além de desenvolver na população uma consciência ecológica para evitar a poluição dos corpos d'água. Assim como existem diversas causas para essas doenças, os tratamentos também são diversos, por isso, em caso de suspeita, é essencial consultar um médico.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe: