Ascaridíase

Você está aqui:
A ascaridíase é uma doença parasitária intestinal causada por um nematoide conhecido como Ascaris lumbricoides.

Várias são as doenças parasitárias intestinais que acometem a população, principalmente aquelas de baixa renda e que vivem em locais com saneamento básico precário. Dentre essas doenças, destaca-se a ascaridíase, uma patologia que atinge mais de 980 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde.

A ascaridíase é uma doença causada por um nematoide conhecido como Ascaris lumbricoides, que popularmente é chamado de lombriga. Geralmente assintomática, a doença só apresenta sintomas quando o paciente possui em seu intestino uma grande quantidade de parasitos. Nesse último caso, o principal problema é o bloqueio do intestino delgado por uma grande quantidade de nematoides. Além disso, podemos citar como outros sintomas da ascaridíase dor abdominal, diarreias, vômitos e deficiência nutricional em virtude das grandes infecções.

Vale destacar que, em razão de seu ciclo de vida, que envolve a passagem do nematoide pelo pulmão, pode ocorrer algumas manifestações pulmonares, tais como a pneumonite. Além disso, em alguns casos, as lombrigas podem provocar lesões graves no fígado, que podem levar os pacientes até mesmo à morte.

A ascaridíase é transmitida através da ingestão de ovos de Ascaris lumbricoides
A ascaridíase é transmitida através da ingestão de ovos de Ascaris lumbricoides

A transmissão ocorre através da ingestão de ovos por água e alimentos contaminados por fezes humanas. Após a ingestão do ovos, estes seguem pelo tubo digestório até que a casca se rompa e deles saiam larvas de aproximadamente 0,2 milímetros de comprimento. Ao chegarem no intestino, elas penetram na parede do órgão até atingirem a corrente sanguínea. As jovens lombrigas migram pelos vasos sanguíneos até os alvéolos pulmonares, onde perfuram essas estruturas e entram no sistema respiratório. As larvas passam pelos bronquíolos, brônquios, traqueia, laringe e atingem a faringe, onde são deglutidas, entrando novamente no sistema digestório. As larvas chegam novamente ao intestino delgado, onde se tornam adultas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os machos fecundam as fêmeas no intestino e estas, por sua vez, produzem ovos que serão posteriormente eliminados através das fezes do hospedeiro. As fêmeas férteis podem eliminar até 200 mil ovos todos os dias, fato que demonstra a importância do tratamento do paciente para evitar o aumento dos casos da doença em áreas com condições precárias de saneamento.

A lombriga adulta reproduz -se no intestino delgado do hospedeiro
A lombriga adulta reproduz -se no intestino delgado do hospedeiro

O diagnóstico da ascaridíase é feito através da análise das fezes, que geralmente apresentam ovos do nematoide. O diagnóstico através da análise de sintomas é bastante complicado, uma vez que o quadro clínico é bastante semelhante ao de outras verminoses. Para o tratamento, normalmente se recomenda o uso de mebendazol ou albendazol.

Para o controle da doença, é fundamental o tratamento do doente e a melhoria nos sistemas de saneamento básico. Além disso, as pessoas podem evitar a infecção bebendo água tratada ou fervida, lavando bem os alimentos antes de comê-los e mantendo sempre as mãos limpas.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Os nematoides adultos vivem no intestino delgado do hospedeiro
Os nematoides adultos vivem no intestino delgado do hospedeiro
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados