Ecolocalização dos golfinhos

Você está aqui:
A ecolocalização dos golfinhos é um sistema de emissão de sons e recepção acústica dos ecos produzidos. Esse sistema permite, por exemplo, a localização de suas presas.

Diversas espécies animais apresentam sistemas bem definidos de comunicação. No ambiente aquático, onde o som é transmitido cerca de cinco vezes mais rápido que no ar, alguns animais mamíferos desenvolveram um sistema de emissão de sons e recepção acústica dos ecos produzidos. Esse sistema permite que esses animais detectem a posição e características de outros animais e de objetos e é denominado de ecolocalização. Esse processo é utilizado por diversos mamíferos, no entanto, aqui destacaremos a ecolocalização dos golfinhos.

Golfinhos

Os golfinhos são animais pertencentes à classe Mammalia, subclasse Eutheria (animais que apresentam placenta durante o desenvolvimento embrionário) e ordem Cetacea, na qual também são encontrados mamíferos aquáticos como baleia e orca.

Os golfinhos são bastante conhecidos pela sua inteligência, característica comum dos cetáceos, que se deve ao desenvolvimento da parte glial do cérebro desses animais. Os golfinhos são carnívoros, alimentam-se principalmente de peixes, e costumam viver em grupos, o que os ajuda na obtenção de alimento e na proteção dos indivíduos, especialmente de seus filhotes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ecolocalização dos golfinhos

Estudos mostram que, em golfinhos, os sons são produzidos na cavidade nasal por meio da circulação de ar nos diversos sacos ali presentes. Como eles possuem dois sistemas de sacos nasais, dois tipos diferentes de sons podem ser produzidos simultaneamente. Os golfinhos utilizam-se de assobios e estalidos, que podem combinar-se produzindo diferentes sons. É observado também que muitos golfinhos emitem assobios repetitivos e específicos que funcionam como uma identidade do indivíduo.

O desenvolvido sistema auditivo desses animais permite que percebam cada tipo de som e, por isso, são utilizados na comunicação e na percepção do ambiente à sua volta. Isso porque os sons emitidos produzem ecos que fornecem informações importantes e permitem aos golfinhos, por exemplo, detectarem a presença de suas presas, já que se alimentam à noite – momento em que a visibilidade é bastante limitada –, a distância e caraterística de objetos, a posição em que os outros golfinhos do grupo encontram-se e as atividades que estão realizando.

A ecolocalização permite aos golfinhos identificarem a localização dos outros membros do grupo
A ecolocalização permite aos golfinhos identificarem a localização dos outros membros do grupo
Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados