Placenta

Você está aqui:
A placenta tem como função, entre outras, levar nutrientes para o feto, que está se desenvolvendo
A placenta tem como função, entre outras, levar nutrientes para o feto, que está se desenvolvendo

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

A placenta é um órgão em formato de disco que é formado pela união do endométrio e membranas extraembrionárias. Está presente na maioria dos mamíferos, denominados de eutérios, e ausente em outros, como os ornitorrincos, que são denominados de prototérios.

Funções da Placenta

A placenta apresenta vasos sanguíneos do embrião e maternos e, assim, é possível a realização das trocas gasosas, remoção das excretas do embrião e o fornecimento de nutrientes e imunidade. Além dessas funções, a placenta também produz hormônios de grande importância para a manutenção da gravidez, como o HCG, estrógenos e progesterona.

Embora a placenta permita a troca de materiais entre mãe e feto, não há ligação direta entre a circulação materna e embrionária, sendo essa troca de materiais realizada por difusão e transporte ativo. Como a placenta permite essa troca entre mãe e feto, muitas substâncias tóxicas e agentes patogênicos, como alguns vírus, conseguem atravessar a placenta, podendo causar sérios problemas ao feto. Assim, é indispensável o acompanhamento médico durante toda a gestação, com a realização de exames e, no mínimo, seis consultas pré-natais. Também é necessária a adoção de hábitos de vida saudáveis pela gestante, como manter uma alimentação rica em nutrientes e evitar o uso de álcool, tabaco e outras drogas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Curiosidade: no momento do nascimento, a placenta pode pesar cerca de 1kg.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe: