Caxumba

Você está aqui:
A caxumba é uma enfermidade causada por um vírus da família Paramyxoviridae. Embora possa trazer complicações, possui tratamento e pode ser prevenida por meio de vacinação.

A caxumba, ou papeira, é uma doença causada por um vírus da família Paramyxoviridae, gênero Paramyxovirus.

Sintomas

Caracteriza-se por febre e o aumento de glândulas salivares, sublinguais ou submandibulares, o que pode causar dor na mastigação e durante a ingestão de líquidos ácidos. Geralmente a glândula afetada é a parótida. Embora o aumento das glândulas seja um dos principais sintomas, cerca de 1/3 dos casos não apresenta aumento aparente.

Transmissão

Ocorre por via aérea ou contato direto com a saliva de uma pessoa infectada. A doença apresenta um período de incubação que dura em média de 16 a 18 dias. O período de maior risco de transmissão varia entre seis dias antes do surgimento dos sintomas e nove dias após.

Além dos sintomas já citados, a caxumba pode causar algumas complicações, como inflamações:

- nas meninges (meningite asséptica), quase sempre sem sequelas;

- dos testículos e epidídimo (orquiepididimite) em cerca de 20% a 30% dos homens, podendo causar esterilidade;

- dos ovários (ooforite) em cerca de 5% das mulheres;

- da tireoide (tireoidite);

- das articulações (artrite);

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

- do músculo cardíaco (miocardite).

Além das inflamações, podem ocorrer perdas de coordenação dos movimentos (ataxia cerebelar) e, raramente, a encefalite, que pode resultar em complicações neurológicas graves e óbito. A surdez unilateral e atrofia testicular são sequelas que também podem ser causadas por esta infecção.

O aumento das glândulas é um dos principais sintomas, mas ela pode ocorrer por diversas causas e não só pela infecção pelo vírus da caxumba. Assim, exames complementares são necessários para um diagnóstico mais eficaz, embora não seja uma rotina fazê-los.

Tratamento

Pode ser feito com o uso de analgésicos, anti-inflamatórios e repouso. No caso de complicações, são realizados tratamentos específicos.

Prevenção

O melhor método de prevenção é a vacinação, que ocorre com uma dose de tríplice viral (caxumba, sarampo e rubéola) aos 12 meses e uma dose de tetra viral ou tetravalente (caxumba, sarampo, rubéola e varicela) aos 15 meses. Crianças mais velhas, adolescentes e adultos não vacinados devem tomar a vacina, pois só assim essas doenças poderão ser erradicadas.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Criança apresentando quadro infeccioso de caxumba
Criança apresentando quadro infeccioso de caxumba
Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados