Reprodução das briófitas

Você está aqui:
O esporófito das briófitas é constituído por uma haste e uma cápsula e cresce sobre o gametófito
O esporófito das briófitas é constituído por uma haste e uma cápsula e cresce sobre o gametófito

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

As briófitas são plantas de pequeno porte que possuem entre seus representantes os musgos, as hepáticas e os antóceros. Esses organismos apresentam diversas formas de reprodução:

  • Assexuada: ocorre por meio da fragmentação do corpo, em que cada fragmento origina novos gametófitos (organismos produtores de gametas), e pela produção de gemas, os quais são corpos multicelulares que originam um novo gametófito.

  • Sexuada: esse tipo de reprodução depende da presença de água e ocorre por alternância de gerações, em um ciclo haplonte-diplonte. Nesse ciclo, os organismos haploides (n) – produtores de gametas, também chamados de gametófitos – apresentam-se em alternância com os diploides (2n) – produtores de esporos, também chamados de esporófitos.

Alternância de gerações

Os gametas masculinos, os anterozoides (n), estão localizados em uma estrutura denominada anterídeo que, quando atingido pela água, permite que eles caiam no arquegônio (estrutura produtora da oosfera, que é o gameta feminino) de uma planta feminina. Em seguida, os anterozoides nadam até a oosfera (n) e, assim, ocorre a fecundação, em que um zigoto é produzido e sofrerá mitoses, originando um embrião (2n).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O embrião fica protegido no arquegônio e passa por diversas mitoses até produzir um esporófito (2n). Essa estrutura é constituída por uma haste e uma cápsula na qual estão presentes as células-mãe dos esporos que, por meiose, originam os esporos (n). Quando a cápsula resseca, os esporos são liberados e, quando em ambiente propício, germinam e transformam-se em um novo gametófito. Logo após a produção dos esporos, o esporófito morre. A fase dominante nas briófitas, portanto, é a haploide, pois o gametófito permanece mesmo após a morte do esporófito.

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Curtidas

0

Compartilhe: