Centrômeros e cromátides

Você está aqui:
Os cromossomos são classificados de acordo com a posição dos seus centrômeros
Os cromossomos são classificados de acordo com a posição dos seus centrômeros

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

Os cromossomos são filamentos constituídos por DNA e proteínas, denominadas histonas, e estão presentes no núcleo das células. Entre as regiões que formam os cromossomos, destacaremos aqui os centrômeros e as cromátides.

Centrômeros

O centrômero, ou constrição primária, é a região do cromossomo que apresenta um estrangulamento. No centrômero, está presente, além de DNA, um disco de proteína com a função de prender os filamentos cromossômicos às fibras de fuso durante o processo de divisão celular. Esse disco proteico é denominado de cinetócoro.

De acordo com a região onde o centrômero encontra-se, os cromossomos podem ser classificados de quatro formas:

Metacêntrico: centrômero encontra-se na região mediana do cromossomo;

Submetacêntrico: centrômero encontra-se na região submediana, um pouco afastado do meio;

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Acrocêntrico: centrômero encontra-se em uma região bem próxima a um dos polos;

Telocêntrico: centrômero encontra-se na região terminal do cromossomo, exatamente em um dos polos. Esse tipo de cromossomo não está presente na espécie humana.

Cromátides

Os cromossomos são constituídos por dois filamentos unidos pelo centrômero. Cada um desses filamentos é denominado de cromátide. As duas cromátides encontradas em um cromossomo duplicado (a duplicação ocorre durante a interfase na divisão celular) são denominadas de cromátides-irmãs. No processo de divisão celular, elas separam-se, indo cada uma para uma célula-filha.

Curiosidade: A espécie humana apresenta 46 cromossomos em suas células somáticas. Nos gametas, encontramos 23 cromossomos. A fecundação garante o reestabelecimento do número de cromossomos da espécie.

Curtidas

0

Compartilhe: