Partes da raiz

Você está aqui:
A coifa tem como função proteger o sistema meristemático da abrasão com o solo
A coifa tem como função proteger o sistema meristemático da abrasão com o solo

Curtidas

0

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

A raiz é um órgão presente em plantas vasculares e é responsável pela fixação ao substrato, absorção, condução e armazenamento de nutrientes. Analisando a sua morfologia externa, podemos observar que, do ápice para a base, esse órgão divide-se em quatro partes:

  • Região meristemática: região onde se encontra o meristema primário e onde as novas células da raiz são produzidas. Essa região, no ápice da raiz, é revestida pela coifa, que se assemelha a um dedal. A coifa é formada por células parenquimáticas e tem como função proteger os meristemas primários da abrasão (desgaste por atrito) com o solo. As células periféricas da coifa secretam uma mucilagem, que lubrifica a raiz enquanto penetra no solo;

  • Região lisa, de crescimento ou de alongamento: região na qual as células alongam-se, permitindo o crescimento em comprimento da raiz. Essa região possui apenas alguns milímetros de comprimento, mas é onde ocorre o maior crescimento à medida que as células se alongam;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Região pilífera, de maturação ou de diferenciação: região onde ocorre a maturação das células dos tecidos primários, diferenciando-se em tipos celulares distintos. Nessa região ocorre também a absorção de águas e nutrientes do solo, o que é potencializado pelos pelos absorventes (extensões tubulares de células epidérmicas) que crescem nessa região;

  • Região suberosa ou de ramificações: região formada por células cobertas por suberina. Nela estão localizadas as ramificações da raiz.

As partes da raiz não são claramente delimitadas, e a transição de uma parte para outra ocorre geralmente de forma gradual.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe: