Giardíase

Você está aqui:
A giardíase é uma doença provocada por um protozoário flagelado que se instala no intestino delgado e desencadeia diarreia.

A Giardia intestinalis, também chamada de G. duodenalis ou G. lamblia, é uma espécie de protozoário da família Hexamitidae que vive parasitando o intestino delgado, daí seu nome. A Giardia possui flagelo, apresenta formato semelhante a uma pera e é um ser anaeróbio. A doença causada por esse protozoário é denominada giardíase, um problema de saúde que raramente leva a complicações.

A giardíase é uma parasitose intestinal que acomete pessoas de qualquer idade, porém é mais frequente em crianças menores de seis anos, principalmente aquelas que ficam em creches. Ela é muito comum em países em desenvolvimento, estando relacionada diretamente com as condições de saneamento básico e os hábitos de higiene da população. Podemos destacar também sua prevalência em áreas tropicais e subtropicais do planeta.

A transmissão da G. intestinalis ocorre através da ingestão de água ou alimentos contaminados por cistos do protozoário e pela via fecal-oral direta. Após ingerir os cistos, estes rompem-se no duodeno e dão origem a várias G. intestinalis, que se multiplicam rapidamente por divisão binária. Esses protozoários, posteriormente, encistam-se, reduzindo seu tamanho e metabolismo e produzindo uma parede ao seu redor. Normalmente esses cistos são eliminados nas fezes formadas, sendo a forma ativa do protozoário eliminada geralmente nas fezes líquidas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ao ser infectado por esse protozoário, uma pessoa pode desenvolver ou não sintomas. Dentre os principais problemas detectados em uma pessoa com giardíase, destacam-se a diarreia com fezes ricas em muco, abundantes e fétidas, dores abdominais, perda de peso e náusea. Esses sintomas são agravados de acordo com a quantidade de parasitos no interior do intestino e geralmente surgem após duas semanas da infecção.

Em razão da falta de especificidade dos sintomas, o diagnóstico deve ser feito analisando-se a presença de protozoários nas fezes ou então seu antígeno. Após confirmada a doença, deve-se iniciar o tratamento o mais rápido possível. O tratamento da giardíase é feito, segundo o Ministério da Saúde, por meio de medicamentos como Secnidazol, Tinidazol ou Metronidazol.

A prevenção da giardíase é simples e também evita outras doenças. Dentre os principais cuidados, destacam-se a higiene pessoal, a ingestão apenas de água tratada ou fervida e cuidado no preparo dos alimentos, principalmente com aqueles que serão ingeridos crus. Outros pontos importantes e fundamentais são a ampliação dos programas de saneamento básico e o tratamento do doente, pois sua cura interrompe o ciclo de transmissão.


Por Ma. Vanessa dos Santos

A Giardia intestinalis instala-se no intestino delgado do doente
A Giardia intestinalis instala-se no intestino delgado do doente
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados