Setembro Amarelo

Você está aqui:

Setembro Amarelo é uma campanha que tem como objetivo a prevenção ao suicídio. Os números de casos de suicídio no Brasil e no mundo são alarmantes, sendo essencial que as pessoas que conheçam esse problema entendam a necessidade de ajudar quem está passando por ele e que as pessoas que estão com esse tipo de pensamento entendam a importância de buscar ajuda.

O dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, no entanto, durante todo o mês do Setembro Amarelo, são realizadas diversas atividades com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a temática do suicídio, entre elas está a iluminação de importantes prédios e pontos turísticos com a cor amarela, aumentando a visibilidade sobre o tema.

Uma das causas de suicídio é a depressão. A depressão é um dos maiores problemas de saúde pública mundial da atualidade, sendo umas das principais causas de incapacitação ao longo da vida. A depressão afeta tanto aspectos psicológicos do indivíduo, apresentando como um de seus sintomas o humor depressivo, como aspectos físicos, causando, por exemplo, mal-estar, cansaço e taquicardia.

Acesse também: 7 de abril – Dia Mundial da Saúde

O objetivo da campanha Setembro Amarelo é prevenir e reduzir o número de mortes por suicídio.
O objetivo da campanha Setembro Amarelo é prevenir e reduzir o número de mortes por suicídio.

O que é o Setembro Amarelo?

O Setembro Amarelo é uma campanha criada no Brasil, pelo Centro de Valorização à Vida (CVV), Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e Conselho Federal de Medicina (CFM), com o objetivo de conscientizar a população a respeito do suicídio, uma das 10 principais causas de mortalidade em todo o mundo. A orientação da população sobre as principais causas, fatores de risco e formas de prevenção pode auxiliar a prevenir e reduzir o número de mortes por suicídio.

O Setembro Amarelo é realizado no mesmo mês em que acontece o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio (10 de setembro), sendo uma forma de dar maior visibilidade à causa. Durante todo o mês, diversas atividades são realizadas, como:

  • a iluminação de prédios importantes e monumentos com a cor amarela para lembrar o movimento e dar maior visibilidade à causa;
  • palestras;
  • caminhadas;
  • distribuição de folhetos.

Para que o Setembro Amarelo aconteça, é necessária a mobilização de diversas entidades. Dentre elas podemos citar o CVV, que programa diversas atividades nas cidades que possuem postos de atendimento, além de preparar os seus voluntários durante todo o ano para esse período, que é o mais intenso nesse trabalho de prevenção. Das atividades que o CVV realiza durante o Setembro Amarelo, podemos destacar o atendimento às pessoas em locais públicos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Importância do Setembro Amarelo

O suicídio é uma das principais causas de mortalidade em todo o mundo, sendo a segunda em indivíduos que têm entre 15 e 29 anos de idade. No Brasil, ocorrem cerca de 32 mortes por dia por suicídio. É importante destacar que inúmeros fatores podem influenciar para que ocorra o suicídio, fatores sociais, como:

  • cobrança social
  • fracasso
  • medo
  • bullying

No entanto, as principais causas de suicídio estão relacionadas à transtornos psiquiátricos, como:

  • depressão
  • esquizofrenia
  • uso de substâncias psicoativas

Durante muito tempo, o tema suicídio foi tratado como tabu. Sendo assim, é essencial a realização de movimentos como o Setembro Amarelo para que as pessoas entendam a gravidade da situação e que ela pode ser evitada.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 90% dos casos de suicídio poderiam ser prevenidos. Muitas vezes, o simples fato de ter com quem conversar pode mudar aquela situação. No entanto, é importante destacar que a ajuda médica e psicológica pode ser necessária para aquele indivíduo superar aquele momento.

A Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e o Conselho Federal de Medicina (CFM) publicaram a cartilha "Informando para prevenir", na qual se relata que 96,8% dos casos de suicídio registrados estão relacionados a históricos de doenças mentais, as quais possuem tratamento.

Veja também: Drogas – substâncias que alteram as funções do organismo

O suicídio pode ser prevenido. Em algumas situações, uma simples conversa pode salvar uma vida.
O suicídio pode ser prevenido. Em algumas situações, uma simples conversa pode salvar uma vida.

Depressão e suicídio

A depressão é uma doença psicológica que afeta mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo umas das principais causas de incapacitação ao longo da vida e um dos principais fatores que desencadeiam o suicídio. A depressão pode ter diferentes causas, sendo influenciada por fatores ambientais, como eventos estressantes, conflitos, perdas; biológicos, como predisposição genética; além de fatores psicológicos. Dentre os sintomas da depressão podemos citar:

  • Humor depressivo;
  • Isolamento social;
  • Ansiedade;
  • Sintomas físicos como cansaço, mal estar e taquicardia;
  • Alterações no sono e no apetite;
  • Pensamentos recorrentes sobre morte e/ou suicídio.

Saiba mais sobre essa grave doença psicológica: Depressão.

A depressão tem tratamento que pode ser realizado por meio de medicação, a qual deve ser indicada por um médico especialista, e psicoterapia. Se você está com depressão, tem pensamentos suicidas ou conhece alguém passando por isso, não hesite em ajudar ou procurar ajuda!

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados