Com cargos em alta no mercado de trabalho, curso de Ciências Biológicas atrai cada vez mais estudantes

Você está aqui:

Funcionando na maior parte do país como um curso do sistema ABI (Área Básica de Ingresso), a graduação em Ciências Biológicas apresenta uma infinidade de possibilidades de estudo e trabalho para os seus alunos ingressantes.

Formando profissionais tanto na licenciatura como no bacharelado, o curso estuda tudo que está relacionado aos seres vivos e ao meio ambiente.

Aprender Biologia pode levar a amplas possibilidades no mercado de trabalho, desde o ensino ao trabalho em indústrias e pesquisas.

Vale destacar que o ingresso para esse curso em muitas universidades ocorre por meio de vestibulares próprios, com provas específicas. Nesses casos, uma boa base de estudos é fundamental para que a sua nota se sobressaia entre os demais candidatos.

Uma boa dica é encontrar um professor online capaz de te ajudar com esse reforço. Outra boa alternativa é marcar suas aulas particulares com o Superprof, site especializado no ensino das mais diversas disciplinas e que conta com uma comunidade de mais de 10 milhões de professores cadastrados.

Grade curricular

O curso de Ciências Biológicas apresenta uma grade curricular bem extensa, com a duração média entre quatro e cinco anos, dependendo se o estudante vai se graduar somente no bacharelado ou na licenciatura também.

O estudante tem contato com disciplinas gerais da área da saúde, como a bioquímica, fisiologia e anatomia.

Além disso, ele estuda também áreas específicas da biologia, como a morfologia, a evolução de plantas e animais, zoologia, genética, ecologia e outras.

Com uma diversidade muito grande de disciplinas, que se diferem muito entre si, é comum que os alunos tenham algumas dificuldades ao longo do curso.

Seja por afinidade em uma área, seja por falta de compreensão, é natural que os estudantes procurem por aulas particulares ou uma aula de reforço escolar para manter as notas altas e as matérias em dia.

Isso ocorre principalmente entre os alunos que pretendem fazer estágios em grandes empresas ou intercâmbio. Para eles, o Índice de Rendimento Acadêmico é um importante ponto no currículo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mercado de trabalho

Muitas oportunidades profissionais para os estudantes de Ciências Biológicas começam dentro do próprio curso.

Com projetos de iniciação científica, estágios curriculares e bolsas de treinamento profissional e extensão, são diversas as opções que o aluno tem de se capacitar e chegar ao mercado de trabalho mais preparado para a área que deseja atuar.

Quem se forma na licenciatura está apto a dar aulas na área da ciência biológica. Desde as escolas básicas ao ensino superior - para aqueles que completam o mestrado e o doutorado -, é possível tornar-se multiplicador do conhecimento e ajudar na elaboração de novos estudos no meio.

Já para aqueles que se formam no bacharelado, as opções profissionais são enormes. Podendo atuar em institutos de pesquisa, indústrias, laboratórios, no serviço público, consultorias, órgãos regulamentadores e até em organizações não governamentais, o profissional pode colocar em prática tudo aquilo com o qual ele mais se identificou durante a graduação.

É importante destacar que, graças ao desenvolvimento de novas tecnologias e o avanço de pesquisas e estudos, existem áreas da Ciências Biológicas que estão em alta no mercado.

O campo da genética, biotecnologia, biologia forense e saúde ambiental são exemplos de campos de trabalho que absorvem os profissionais da área e pagam excelentes salários.

Em se tratando de um curso com uma vasta gama de áreas de atuação profissional, vale destacar que a sua escolha profissional deve ser feita e valorizada ainda na graduação.

Muitos dos trabalhos precisam de conhecimentos específicos, por isso é importante que o aluno, durante soeu curso, realize disciplinas eletivas voltadas para as áreas com as quais têm mais afinidade.

Além disso, é preciso lapidar esse conhecimento específico por meio da participação em congressos e produção de pesquisas.

Com a popularização da internet, é possível, inclusive, ter aulas online sobre determinados assuntos e fazer contato com um professor particular para tirar dúvidas.

Por Biologia Net

Curtidas

0

Compartilhe: