Cúrcuma

Você está aqui:

A cúrcuma, de nome científico Curcuma longa L., também conhecida como açafrão-da-terra, é uma planta pertencente à família Zingiberaceae. Possui origem asiática e tem sido bastante estudada devido a sua utilização tanto na culinária quanto na medicina popular, apresentando, por exemplo, ação anti-inflamatória. Aqui traremos algumas características dessa espécie, além de sua importância econômica e propriedades medicinais.

Veja também: Alimentos orgânicos: benefícios

Características gerais da cúrcuma

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra e gengibre-dourado, é uma planta herbácea, ou seja, apresenta caules flexíveis e não lenhosos, e perene, não perdendo suas folhas em determinadas épocas do ano. Originária da Ásia, foi introduzida no Brasil na década de 1980 e hoje é cultivada em diversas regiões.

A cúrcuma apresenta folhas com coloração verde-clara e um rizoma central com ramificações.
A cúrcuma apresenta folhas com coloração verde-clara e um rizoma central com ramificações.

A seguir, algumas características da cúrcuma.

  • Pode medir até 1,5 m de altura;

  • Suas longas folhas de coloração verde-clara apresentam aroma agradável e sabor pungente e picante;

  • Possui um rizoma (caule que cresce de forma horizontal abaixo do solo) central com ramificações e coloração amarelo-avermelhado.

  • O rizoma é a parte mais utilizada da planta. Ele pode ser consumido fresco, como também pode ser desidratado e moído, produzindo um pó denominado de turmérico, utilizado desde a Antiguidade tanto na culinária quanto na medicina.

Como dito anteriormente, a cúrcuma é uma planta perene, entretanto, algumas espécies de plantas perdem suas folhas em algumas situações. Saiba mais sobre essas plantas lendo nosso texto sobre senescência.

Leia mais: Alimentação saudável: dicas para ter um hábito benéfico à saúde

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Importância econômica

A cúrcuma é uma planta de grande importância econômica. Embora já seja utilizada há muito tempo, o seu uso está cada vez mais crescente. Isso se deve também à proibição da utilização de corantes sintéticos em muitos países da América do Norte, o que fez com que a busca por alternativas naturais crescesse.

O rizoma da cúrcuma pode ser desidratado e moído, formando um pó denominado turmérico, muito utilizado na culinária.
O rizoma da cúrcuma pode ser desidratado e moído, formando um pó denominado turmérico, muito utilizado na culinária.

A cúrcuma apresenta em seus rizomas uma substância corante, a curcumina, que é a principal substância presente no rizoma. Juntamente com outros curcuminoides (desmetoxicurcumina e bisdesmetoxicurcumina), é utilizada principalmente na culinária, sendo parte constituinte do açafrão-da-índia, por exemplo, além de ser utilizada como corante de bolachas, macarrão, entre outros produtos na indústria alimentícia.

Além da indústria alimentícia e também da indústria têxtil, a presença de óleos essenciais fez com que a utilização da cúrcuma se estendesse também à perfumaria, em razão da presença de substâncias aromáticas em sua constituição. A cúrcuma apresenta também propriedades medicinais, como veremos no próximo tópico, o que faz com que essa planta também seja utilizada na medicina.

Propriedades medicinais da cúrcuma

As propriedades medicinais da cúrcuma são relatadas há séculos e vêm sendo comprovadas a cada dia com novos estudos. Podemos destacar a sua ação antioxidante, que pode ocorrer de diversas maneiras, como por meio do aumento da atividade de enzimas antioxidantes e da neutralização de radicais livres.

A cada dia novos estudos comprovam as diversas propriedades medicinais da cúrcuma.
A cada dia novos estudos comprovam as diversas propriedades medicinais da cúrcuma.

A cúrcuma também apresenta propriedades anti-inflamatórias, tendo como forma de ação a inibição de moléculas envolvidas no processo inflamatório. Além disso, apresenta também efeitos benéficos ao sistema nervoso central, em virtude de suas propriedades anticonvulsionantes, antidepressivas, bem como neuroprotetoras, protegendo contra alterações cerebrais.

Apresenta também ação analgésica, expectorante, antibacteriana, antiviral, antifúngica, anticarcinogênica, antiespasmódica, antidiarreica, antidiurética e antitumoral, bem como atua na redução dos níveis de colesterol, dentre inúmeras outras ações.

A cúrcuma apresenta também, como propriedade medicinal, ação antiescorbútica. Para saber mais detalhes sobre essa doença, clique aqui: Escorbuto.

Diferença entre a cúrcuma e o açafrão verdadeiro

A cúrcuma é muitas vezes confundida com o açafrão verdadeiro, também bastante utilizado na culinária e na medicina popular. No entanto, embora apresentem semelhanças, não são iguais.

Quadro comparativo entre a cúrcuma e o açafrão verdadeiro

 

Cúrcuma

Açafrão verdadeiro

Espécie

Curcuma longa L.

Crocus sativus L.

Família

Zingiberaceae

Iridaceae

Origem

Ásia

Ásia

Dimensões da planta

Mede entre 120  cm e 150 cm.

Mede entre 10 cm  e 25 cm.

Constituição da especiaria

Rizomas desidratados e moídos.

Estigmas desidratados das flores; inteiros ou moídos.

Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados